Skip to content

Eles querem que você queira….

junho 26, 2010

Começemos com suplementos vitamínicos. Cebion, Centrum, e até Coca-Cola com vitaminas e sais minerais. Agora adicionemos à lista sabonetes íntimos femininos; celulares com sensor de movimento; aparelho de DVD para carros. Por fim, para entrarmos no tema deste blog, adicione o “skate” do jogo do Tony Hawk, filmes em 3D, TV em 3d e por fim……jogos em 3d.

O que todos estes item têm em comum?


Você não precisa de nenhum deles.

Em maior ou menor escala, todos estes itens são necessidades inventadas. Em algum momento da nossa historia, algum gênio decidiu que nós deveríamos querer essas coisas. Não importa se você viveu muito bem sua vida até agora com níveis baixíssimos de selênio no seu corpo, sem suar enquanto jogava videogame e sem ter algo voando em direção ao seu rosto a cada vez que vê um filme. Agora você precisa disso.

Entretanto, isso não é o pior. O pior é notar (ou melhor, lembrar) que o cidadão-padrão adora essas tranqueiras. Induzido pelas propagandas e pelo hype do consumismo, o povão alimenta esse festa marketeira.  Consumimos upgrades que não precisamos, e soluções para problemas que não temos.

O futuro, por sua vez, parece sinistro. Já vivemos em uma época onde se tem que colocar bizarros óculos escuros para que se possa ver um filme que parece mais uma atração de um parque da Disney ou do Hopi Hari. Roteiros bons já são itens raros.

Nos encominhamos então, para….jogos em 3d. Devo admitir que esforços como o Nintendo 3DS merecem respeito, mas a multidão de ports mal feitos que as majors andam mostrando ( Sony na dianteira, aproveitando pra vender TVs)  é desanimadora, pra dizer o mínimo.

Sei que tenho que dar o braço a torcer quanto aos motion-controllers. Não sou fã, mas o sucesso é inegável, mesmo após diversos gamers, como eu, terem mostrado descrença nessa tecnologia desde o começo.

O fato é: Ainda não vejo nenhuma adição relevante ao gameplay e imersão dos jogos com essa “nova dimensão”. Vão precisar de mais que jogos de corrida com uma sensação de profundidade “diferente”para me fazerem usar um daqueles óculos bizarros.

E você, o que acha?

2 Comentários leave one →
  1. junho 27, 2010 17:53

    Interessante o texto …. mas parte dessa noia pelo 3d me lembra a noia do som no cinema … no fim ambos vão se tornar tão default que vai ser estranho voltar aos antigos meios.
    Só posso dizer com certeza que essa merda num vai popularizar enquanto depender de oculos =P

    Mas realmente existem pouquissimos generos q realmente se beneficiaram disso … plataforma 3d com pulos do mal e jogos de avião (principalmente os q tem q passar por aneis tipo o demo do novo do snoopy) são os unicos q me veem a mente, ja que o efeito daria uma boa noção espacial.

    Mas ainda não sei direito qual vai ser o “musical” dos jogos em 3d … apesar que o exemplo do dsi que eu linkei no meu artigo sobre o 3ds da uma boa ideia …
    https://theanothercastle.wordpress.com/2010/03/24/nintendo-ds-em-treeeess-deeeee/

  2. junho 29, 2010 18:11

    Esse mal da humanidade está entre nós não é de hoje. A necessidade que se faz necessária. Por isso eu culpo os propagandistas, publicitários e toda essa “espécie” de gente. O difícil hoje em dia é achar um telefone celular que faça ligações telefônicas com eficiência. Mas não se preocupe: câmeras de 5 megapixels e TV digital são mais legais do que falar com a sua mãe ao telefone.

    Quanto ao 3D em geral eu não gosto. Primeiro que esse 3D não é 3D porcaria nenhuma. A única coisa que está chegando perto disso é o Nintendo 3DS. Avatar no cinema com imagens que te dão a impressão visual que “saltam” da tela não criam uma terceira dimensão na tela do cinema, ou do game, ou do que quer que seja.

    Na minha época, jogos poligonais em que a câmera podia girar em 360 graus eram jogos em 3D de verdade. O que eles são agora? Perderam uma dimensão? E os jogos em 2D então? Eu acho isso tudo uma grande baboseira e não irei me convencer até que eles criem um 3D de verdade, com hologramas ao melhor estilo Star Wars. Se não der pra girar a imagem não é 3D! Imagens que “saltam” da tela eu consigo fazer com papel semi-transparente colorido: uma lente verde e uma vermelha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: