Skip to content

O melhor jogo de zumbis da última semana

março 28, 2010

Um pequeno tratado filosófico sobre a saturação de jogos de zumbi, e o que o futuro guarda para o gênero….ou não.

Fato: Ainda “sonhamos” com um zombie apocalypse na vida real, mas ele já é realidade no mundo dos games, tão realidade que ele já está ficando….manjado.

Como nos ensinou George Romero, a invasão foi lenta, mas a infestação implacável. Depois de um caso de contágio inicial com o primeiro Resident Evil,  e de alguns anos de incubação do vírus, hoje temos Resident Evil‘s a rodo (até pra Wii!), Dead Rising 1 e 2, Left 4 Dead 1 e 2, zumbis espaciais em Dead Space, zumbis nazistas em Wolfenstein, passando por títulos menos ortodoxos como Stubbs The Zombie, o quase meta-linguístico  I MAED A GAM3 WITH Z0MBI1ES IN 1T!!!1, headcrabs transformando inocentes funcionarios da Black Mesa em zumbis, entre muitos outros.

O negócio é que mesmo nunca tendo vingado muito bem no cinema, e após algumas tentativas bizarras na literatura, os zumbis acharam nos videogames o nicho ideal pra conseguirem o seu miolo de cada dia. Assim como os produtores de games acharam o seu nos zumbis.

A questão que me surge então é: E quando cansarmos? O pico de jogos com zumbis é evidente, mas conhecendo o gafanhotismo tradicional da indústria, não sabemos que o gênero será esgotado, quando então será substituido por uma nova onda? Não seria a existência de zumbis espaciais e zumbis com armas um sintoma do ínicio do fim? Dar um tiro de .12 no peito de um zumbi é realmente uma sensação única, mas será que não nos cansaremos?

Depois dessa constatação alarmante, só me resta ajudar a indústria de games em sua importante busca de um novo segmento:

Jogos históricos, mas sem o tédio: Civilization e similares são jogos chatos pra caralho. Os que fogem disso, são sobre americanos na segunda guerra. Está na hora de mudarmos isso….

– Auschwitz Simulator – Para aqueles que cansaram de matar nazistas, a oportunidade de tentar fazer melhor que o Führer. Apenas a Rockstar teria bolas para fazer esse jogo. Senhoras americanas ligariam horrorizadas para seus congressistas. O jogo seria banido na Austrália.

– Resident Jesus: Você é Jesus Cristo, e deve chutar bundas e se defender de romanos e leprosos na antiga Judéia. Ande sobre a água, tranforme a água no corpo de seus inimigos em vinho, arremesse sua coroa de espinhos em jugulares, e summoneie a ira divina sobre os pecadores. (A chuva de lava e enxofre sobre Sodoma e Gomorra já foi usada como especial  no Golden Axe, mas Jesus é o único barbudo de tanga que deveria usá-la). Embora ainda em desenvolvimento, os programadores de Resident Jesus, já criaram um tweak que possibilita o GOD MODE OFF, e agora trabalham para resolver o problema do respawn, que atualmente leva 3 dias. O jogo seria banido na Austrália.

Reformulação nos jogos de música: OK, todo mundo achou Guitar Hero e Rock Band legais, mas alguem tem que avisar a Activision que GH Van Halen, GH Guns, GH AC/DC, GH Metallica,  etc, logo levarão a GH Calypso.

– Street Piper: Você toca gaita de foli. Você usa kilt. Seus amigos caçoam de você. As garotas não te respeitam.  Mas você sabe que nasceu para isso. Agora, sua única opção é buscar vingança e respeito, se infiltratar nas gangues de gaitistas, e não medir esforços em sua sede de sangue, nem que isso signifique tocar um pouco de didgeridoo. O jogo não será banido na Austrália, graças ao didgeridoo.

– Nobody’s Hero – Depois de Guitar Hero, DJ Hero, e Cowbell Hero, neste jogo você é gay, e morre. Trilha sonora do Rush o tempo todo.

Igual, mas diferente: Se nada mais funcionar, poderemos sempre recorrer a soluções paliativas:

– Zumbis Sith

– Zumbis Ninja

– Zumbis Robô

– Zumbi Mario

– Zumbi Mario Ninja Sith Robô

.

.

O futuro é promissor…

5 Comentários leave one →
  1. Leite permalink
    março 28, 2010 13:17

    Sim, por mais manjados que alguns filmes e jogos estejam, até mesmo o vozinho Romero ta perdendo o feeling, surgem filmes como o Zumbilandia, tem sempre um outro ponto de vista na historia, modos de contaminação etc…

    P.S.: Que tal ZombieNinjaPirateNaziCyborgJesus!… vs Chuck Norris! :D

  2. março 28, 2010 17:12

    Caro padawan, eu entendo a sua preocupação com relação aos jogos repetitivos de zumbi, mas como o sr. próprio disse, eu aposto na magia infinita de se chumbar o peito do zumbi com uma 12! Não creio que vamos nos cansar dessa lorota toda, pois cada vez mais os hardwares vão se aprimorando para gerar mais gore, sangue e cabeças esplodindo (não necessariamente nessa ordem). A propósito, os jogos entraram num universo de modo cooperativo online o qual não podemos ignorar. Veja Resident Evil 5… dilacerar mortos-vivos em dupla é bem mais divertido. E o Left 4 Dead então… Eu espero sinceramente que nunca cansemos dessa matança desenfreada e sem sentido! xD

    • Pêra permalink
      março 28, 2010 18:01

      De qualquer forma, eles vão precisar de segmentos novos logo logo….não da pra ter SÓ zumbi.
      Ou seja:
      Vai Jesus IDDCARRRATO!

  3. março 29, 2010 00:45

    Com a leva de filmes retratando nazistas como seres humanos falhos e não demonios doentios como O Leitor e outros, a opção do inimigo humanoide que não va gerar polemica realmente esta ficando BEM escaça … e ai que os mortos vivos entram !

    Ninguem nunca vai encher o saco pq isso denigre a imagem dos zumbis … a imagem dos zumbis ja esta podre e denigrida desde a sua concepção como ser putrefado =P

    Isso se deve muito tambem ao fato que o “grande inimigo” atualmente é o “terrorista sem rosto”, que pode ser tanto arabe (como a alguns anos) quanto um branquelo neonazista … e como dar um rosto nesse mundo P&B dos videogames a um ser sem rosto ?

    [/ifch]

    e….
    http://gaygamer.net/2010/03/pride_and_prejudice_and_zombie.html
    …a tentativa bizarra na literatura vai virar jogo xD

  4. Daniel permalink
    março 29, 2010 19:36

    Uma resposta a isso são sucessos de jogos como The litle big planet em português de Portugal!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: